Tenho sede, uma absurda vontade de goles grandes de palavras "malditas" (...)

Por Sulla Mino ... Eu te amava!













Eu te amava,

como as flores, o vento, o dia,

como a linda primavera, o frio do inverno,

o quente verão,

como nunca amei alguém antes...

Eu te amava tirando sua roupa molhada,

olhando as curvas do seu corpo,

ouvindo a sua voz...

Aquelas palavras em meu ouvido,

como eu te amava naquele pequeno quarto...

Como o rio e as enchentes,

planta e sua semente,

em iras e fantasias,

palhaço do circo, astro do dia...

Eu te amava como a melhor notícia,

um prato de comida,

um som de um piano, harpa, vitrola ou cuíca,

letra, música e poesia...

Eu te amava e não sabia.



imagem de Sulla Mino e Cmte Pimentel no Aerofest - Mossoró

2 comentários:

ELTON NEVES O ANJO DAS LETRAS. disse...

Sulla estou encantado com teu criativo e gênial blog,assim como com teus textos e contos audio-visuais,que lindo,inteligente e criativo!que inveja branca que dá!enquanto á este texto que comento-"Eu te amava!-que forma linda de exprimir de como se pode amar um alguém,poético,tocante,sincero,seu texto realmente convence nós tesu leitores. Mandei um texto meu pra vc,ficarei honrado em ter uma obra minha posatda neste teu espaço maravilhoso de entretenimento na arte e na cultura não só literária mais em geral. E também te informo que o link do teu blog está nas páginas dos mes links favoritos do meu blog literário,bjs.-http://eltondasneves.blogspot.com

Mario Rezende disse...

Muito competente, eclética. Surpreendente.
Esta é a Sulla

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...