Tenho sede, uma absurda vontade de goles grandes de palavras "malditas" (...)

Por Mário Rezende...Valor das Letras













Se as letras fossem valorizadas como os números,
com quantas escreveríamos amor?


www.mariorezendemeusescritos.blogspot.com

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...