Tenho sede, uma absurda vontade de goles grandes de palavras "malditas" (...)

Poesia por sulla Mino...Desejo do Querer

Eu quero me perder em tua boca e
encontrar no infinito o teu ser...
Quero te virar do avesso,
dançar no tempo,
no espaço, repousar em teu abraço,
quero ouvir tua canção,
teu assovio, teu samba,
conhecer teu sentimento sem qualquer razão,
me esfregar em teu corpo suado,
em teu lábio molhado,
na mágica, na ansiedade,
este desejo me faz assim,
soam traços e troços,
um quê qualquer,
eu quero te amar
assim como você me quer.

2 comentários:

Anônimo disse...

Essa mágica chamada desejo que se encaixa, perfeitamente, na poesia. E dela podemos respirar os desejos mais secretos e, dizê-los, sem medo, de que somos capazes para tê-los conosco. Os versos aqui são multi, cheios de cores e riscados, saboreados ao gosto do prazer.
Beijos1
Raí

helio.rocca disse...

Muito bonito e intenso seu poema, que de tão caloroso, só poderia ser amor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...