Tenho sede, uma absurda vontade de goles grandes de palavras "malditas" (...)

Mitologia by Sol Firmino: O Cisne

Não só os gregos, mas vários povos possuem mitos que celebram o Cisne. Sua brancura e graciosidade simbolizam a epifania da luz. Como a luz se apresenta de duas maneiras, a solar e masculina do dia, e a lunar e feminina da noite, assim existem duas colorações para o cisne, a branca e a negra. A síntese das duas faz do cisne andrógino, tornando-o mais ainda um mistério sagrado.

Um conto popular com algumas variantes diz que, certa vez, um caçador avistou três lindas jovens que se banhavam num lago. Eram três cisnes sem seu manto de plumas. O caçador escondeu uma das “vestes”, o que lhe permitiu casar com uma das jovens. O cisne fêmea teve onze filhos e seis filhas, depois retomou sua plumagem e voou, dizendo ao caçador que pertencia ao céu. Disse ainda que, a cada ano, na primavera, quando os cisnes voassem em direção ao norte e, no outono, regressando ao sul, deviam comemorar essa passagem com cerimônias especiais.

(...)

Leia o texto completo na coluna Mito em Contexto, em Blocos online.


Imagem: Leda e o Cisne, Paul Tillier.

2 comentários:

solfirmino disse...

Adoro esse mito do Cisne.

helio.rocca disse...

Bonita história, agora mesmo está em cartaz o filme Cisne Negro, com Natalie Portman, minha filha viu e adorou.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...